AS MELHORES ÁREAS DOS MELHORES DESTINOS

ONDE FICAR EM BRUXELAS, BÉLGICA

Onde ficar em Bruxelas

Melhor lugar para ficar em Bruxelas

A melhor área para se hospedar em Bruxelas e poder visitar todas as atrações é o centro histórico da cidade. La Grand Place é a praça central de Bruxelas, o ponto de referência para você saber o que é o centro de Bruxelas. Outro bairro recomendado para ficar é o Bairro Europeu (Quartier Européen no mapa). É adjacente ao centro de instituições da administração da União Europeia em Bruxelas e é mais conveniente para uma visita de trabalho ou de negócios por sua ampla oferta de hospedagem.

 

A histórica Grand Place é considerada uma das mais bonitas praças do mundo, sendo Patrimônio da Humanidade pela Unesco desde 1998. Entre os belos edifícios que compõem a praça, se destacam a prefeitura, o único vestígio da arquitetura medieval, e a Maison du Roi (“Casa do Rei”), em estilo neo-gótico que atualmente abriga o Museu da Cidade de Bruxelas.

 

Outras atrações que você pode visitar a pé no centro de Bruxelas são a Catedral e o Palácio Real. A estação de trens central também está localizada perto do centro da cidade, a uma curta distância da Praça Grand Place.

HOTÉIS COM MELHOR LOCALIZAÇÃO EM BRUXELAS
Hotel   PREÇO MEDIO
Meininger Hotel
Quai Du Hainaut 33
91€ - 102$
Brussels Welcome Hotel
Quai au bois a bruler 23
115€ - 129$
Hotel   PREÇO MEDIO
Novotel Brussels City Centre
Rue de la Vierge Noire 32
112€ - 125$
Hotel Sandton Brussels Centre
Place Rouppe 17
125€ - 140$
The Dominican
Rue Leopold 9
175€ - 196$
Hotel   PREÇO MEDIO
Rocco Forte Hotel Amigo
Rue de l'Amigo 1-3
282€ - 316$

 

Se você está interessado em saber onde ficar em Bruxelas, também poderá estar interessado em saber onde ficar em Amsterdã, onde ficar em Paris e onde ficar em Londres.

Centro da cidade, o melhor lugar para se hospedar em Bruxelas

O coração geográfico, histórico e comercial de Bruxelas é a Grand Place, uma das praças mais notáveis ​​e elegantes da Bélgica e de toda a Europa. A imponente praça, com seu solo pavimentado, era constituída por edifícios que foram destruídos em 1695 pelo exército francês. Desde aí, a maioria foi reconstruída, mas ainda hoje podemos observar aquele que escapou: o edifício da prefeitura, o grande tesouro da cidade. Construída em 1459, o edifício da prefeitura se destaca por sua torre de 96 metros de altura com uma estátua de S. Miguel no topo, e por seu por telhado completo com dezenas de lustres. Na praça Grand Place fica também a Casa do Rei, um magnífico edifício de 1536, renovado em 1873, que por muitos anos foi a residência dos monarcas reinantes, mas atualmente abriga o Museu da Cidade, onde as pinturas estão expostas tapeçarias do século XVI. A Casa dos Duques de Brabante, um complexo de edifícios neoclássicos formado por seis casas, e LePigeon, a casa onde ficou o famoso escritor francês Victor Hugo durante seu exílio na Bélgica, são outros dos edifícios mais emblemáticos desta elegante praça. Aqui também encontrará a estátua de bronze de Everard T'serclaes, que foi executado enquanto defendia Bruxelas no século XIV. Além de contemplar e visitar os edifícios mencionados, vale a pena fazer uma pausa e se sentar em um dos terraços atrativos que enchem o local para desfrutar de uma cerveja ou café acompanhado por alguns dos melhores chocolates belgas, famosos em todo o mundo.

 

Ao lado da praça Grand Place fica outro ícone de Bruxelas, o Manneken Pis - uma pequena estátua representando um menino nu, urinando em uma fonte. Por mais curioso que seja, esta é uma escultura em torno da qual criaram centenas de lendas e é um dos principais símbolos da capital belga. Tal é a fama da estatueta que mesmo políticos e outros famosos doaram roupas para completar uma coleção de cerca de 650 peças que podem ser visitadas no Museu da Cidade localizado na Grand Place.

 

A 200 metros da Grand Place ficam as elegantes Galeries Saint Hubert. Projetadas em 1847, foram as primeiras galerias comerciais na Europa e hoje em dia estão entre as mais movimentadas. Ao longo dos seus 200 metros, cobertos por uma enorme cúpula de vidro, poderá observar as lojas mais exclusivas da cidade.

 

A poucos passos da Grand Place, fica mais um dos edifícios mais emblemáticos de Bruxelas, a Catedral de estilo gótico, cuja construção remonta ao início do século XIII. O trabalho de restauração que teve lugar há três décadas fez com que o magnífico edifício se mantivesse em ótimas condições. Destacamos o enorme órgão no interior, com mais de 4.000 tubos e quatro teclados.

 

Ao redor da catedral poderá encontrar uma abundância de hotéis para todo o tipo de necessidades do viajante que oferecem conforto ​​e uma boa localização e lhe permitem explorar a pé atrações turísticas. Um exemplo é o Museu de Histórias em Quadradinhos de Bruxelas, uma homenagem aos fãs de quadrinhos belgas, especialmente Tintin, o famoso repórter criado por Hergé em 1929, que foi traduzido em quarenta línguas.

 

Também a apenas 10 minutos da Catedral fica o Bruxelas Park ou Royal Park, um grande espaço verde onde poderá dar um passeio agradável. Em seus arredores ficam o Palácio Real e o Palácio da Nação (sede do Parlamento belga), e a uma curta distância os Museus Reais de Belas Artes e o Museu de Instrumentos Musicais que conta com uma coleção de mais de 1.500 peças.

 

E, a poucos metros, fica a Notre Dame du Sablon, uma das mais belas igrejas góticas da Bélgica. Construída no século XV, este templo espectacular, que dispõe de 11 enormes janelas de 15 metros de altura, tem uma certa semelhança com a Notre Dame de Pari, embora suas dimensões sejam bastante menores.

 

Embora fiquem muito longe do centro, os parques Atomium e Mini Europa valem uma visita. O famoso Atomium, um símbolo da cidade, foi construído para a Exposição Universal de Bruxelas, em 1958, e no parque Mini Europa poderá ver cerca de 350 modelos representando os monumentos mais importantes da Europa, como a Torre Eiffel, o Big Ben ou a Catedral de Santiago.

Bairro Europeu, outra área para se hospedar em Bruxelas

 

Este bairro é onde fica a maior parte das instituições da União Europeia em Bruxelas e tem uma vasta gama de hotéis que fazem dele um ponto importante na escolha de hospedagem. Aqui ficam os edifícios mais emblemáticos da UE, enquadrados por três grandes espaços verdes da capital belga: Bruxelas Park, o Palais du Cinquantenaire e o Parque Leopold. Nesta área ficam o Parlamento Europeu, o edifício Berlaymont, sede da Comissão Europeia e o Parque Cinquentenário. Tudo isto entre um bonito espaço verde, com trilhas, que abriga também o Musée du Cinquantenaire, o Museu Real da Marinha e da História Militar e o Autoworld, um museu que traça a história do automóvel.

O QUE É A SUA ÁREA PREFERIDA?


DESTINOS EM DESTAQUE