AS MELHORES ÁREAS DOS MELHORES DESTINOS

ONDE FICAR EM VALÊNCIA, ESPANHA

Onde ficar em Valencia

Melhor zona para se hospedar em Valência

Se você estiver procurando um lugar para se hospedar em Valência, o centro histórico da cidade, localizado no distrito da Ciutat Vella, é a melhor escolha. Um dos charmes de Valência é poder passear pelas ruas históricas desta cidade antiga. Portanto, é uma boa escolha hospedar-se em um dos melhores lugares que a capital valenciana tem a oferecer. Além disso, na Ciutat Vella se encontram a Estación del Norte, que é a principal estação ferroviária de Valencia, a Plaza de Toros, a prefeitura, a igreja de San Agustín e o Teatro Olimpia.

 

O distrito da Ciutat Vella está dividido em seis bairros: La Seu, La Xerea, El Carmen, El Pilar(antigamente conhecido como Velluters), El Mercat y Sant Francesc, onde se encontram osprincipais recursos administrativos, financeiros, comerciais, culturais, artísticos (com exceção da Ciudad de las Artes y las Ciencias, que se encontra perto da área, mas não dentro), religiosos e históricos.

HOTÉIS COM MELHOR LOCALIZAÇÃO EM VALÊNCIA
Hotel   PREÇO MEDIO
Hotel Sorolla Centro
Calle Convento Santa Clara, 5
79€ - 87$
Catalonia Excelsior
Calle Barcelonina 5
86€ - 95$
Hotel   PREÇO MEDIO
Hotel Zenit Valencia
Calle Bailen 8
104€ - 114$
Melia Plaza
Plaza del Ayuntamiento 4
105€ - 116$
Vincci Palace Valencia
Calle La Pau 42
115€ - 127$
Vincci Lys
Calle Martinez Cubells 5
124€ - 136$
Hotel   PREÇO MEDIO
Hospes Palau de la Mar Hotel
Calle Navarro Reverter 14 - 16
170€ - 187$
Caro Hotel
Calle Almirante, 14
204€ - 224$

 

Se você estiver interessado em saber onde se hospedar em Valência, você também pode achar úteis dicas sobre onde se hospedar em Madri.

O distrito da Ciutat Vella, no centro de Valência, é a melhor área para se hospedar

Neste amplo distrito que abrange os principais bairros da cidade, se encontram os melhores hotéis de Valência que permitem fácil acesso à pé a todos os pontos turísticos que Valência tem a oferecer. No centro se encontra a Estación del Norte, que conecta a cidade com outras partes da Espanha através de duas linhas do metrô. A poucos passos da estação, nosdeparamos com a Plaza de Toros de Valencia, uma das maiores da Espanha. Inaugurada no século XIX, esta arena de estilo neoclássico está localizada ao lado do Museo Taurino de Valencia, um dos mais antigos da Espanha, onde estão expostos objetos taurinos desde século XVIII ao século XX e também conta com uma biblioteca e uma videoteca. A uns cinco minutos da Plaza de Toros se encontra a Iglesia de San Agustín, um antigo convento de Augustinos originalmente construída no século XIII e restaurada em 1940. Hoje em dia, o convento é um prédio gótico que recebe destaque graças a sua torre. A alguns metros deste templo católico, podemos nos deparar com a prefeitura de Valência, que inclui duas construções de épocas e estilos bem distintos: a Casa de Enseñanza do século XVII e a base do edifício, que é mais recente e constitui a fachada principal, do século XX. Na praça da prefeitura podemos encontrar outro edifício de destaque da cidade, o Teatro Rialto, de estilo art déco, que hospeda um cinema, um teatro, uma sala de chá e um restaurante. Além deste prédio, ao redor da praça se situam outros teatros famoso, tais como o Olympia, uma antiga sala de teatro e musicais e o Teatro Principal, o primeiro a ser construído na cidade, e que hoje em dia oferece espetáculos de música, dança e teatro. Próximo a estes edifícios culturais há vários bancos, restaurantes, cafés e lojas de roupas. Esta também é uma área ideal para quem está à procura da vida noturna, já que conta com diversos bares, pubs e lounges onde se pode beber um mojito ou outros coquetéis.

 

Ao norte deste distrito se encontra o centro histórico, um lugar de grande importância à cidade. A ampla variedade de hotéis e a presença de lugares emblemáticos faz desta uma área imprescindível e ideal para se hospedar. Aqui se encontra a Catedral, popularmente conhecida como Seu, um prédio imponente que combina diferentes estilos arquitetônicos, desde o renascentista ao neoclássico. Neste edifício se destaca a Puerta de l’Almoina, a mais antiga da Catedral. A Lonja de la Seda (que foi declarada um Patrimônio da Humanidade como resultado da prosperidade comercial atingida por Valencia no século XV), o Convento de Santo Domingo (um prédio do século XIII que hospeda um precioso claustro gótico) e o Palacio de la Generalitat são três monumentos de destaque da cidade que estão localizados ao redor da Catedral, onde se encontra a vida noturna mais badalada da cidade. Aqui podemos encontrar restaurantes como o Generalife que serve pratos típicos da gastronomia valenciana, como a paella, e lugares únicos como o famoso Café de las Horas, um espaço cosmopolita que combina o clássico café parisiense, o salão de chá inglês e coquetelaria americana.

Hotel Zenit Valencia
Ad Hoc Monumental Hotel Valencia

A Ciudade de las Artes y las Ciencias, outra boa área para se hospedar em Valência

Ao sudeste do centro histórico se encontra a Ciudade de las Artes y las Ciencias, um enorme espaço que foi transformado em um dos pontos de referência da cidade e o motivo pelo qual muitas pessoas têm se mudado a Valência. Ao se redor foi criado uma ampla rede de hotéis de alto nível, restaurantes, bares, terraços tão espetaculares como o L’Umbracle, um dos maiores terraços da Espanha, onde se misturam música, arte e arquitetura, lojas de roupas e o famoso centro comercial El Saler, onde os clientes pode fazer todos os tipos de compras.

 

Esta área, que conta com fácil acesso ao centro de ônibus, está presidida pelo famoso e imenso espaço futurista, que tem ao seu redor um amplo recinto floral e um conjunto de palmeiras do Jardín de la Turia. A Ciudad de las Artes y las Ciencias também hospeda um museu de ciências, o planetário L’Hemisfèric, o primeiro edifício da Ciudade de las Artes y las Ciencias a ser aberto ao público. Criado pelo arquiteto Santiago Calatrava, L’Hemisfèric recebe destaque por sua estrutura em formato de um olho. Além deste edifício espetacular, neste complexo se encontra outro edifício, L’Oceanogràfic, o maior aquário da Europa, que contém desde carangueijos aranha até pinguins e morsas. O Palacio de las Artes Reina Sofía também se encontra aqui. Este é o teatro da Ópera de Valencia e sede da Orquestra de la Comunidad Valenciana que também foi criado pelo arquiteto Calatrava e reconstruído recentemente, após uma parte da construção ter se soltado.

O QUE É A SUA ÁREA PREFERIDA?


DESTINOS EM DESTAQUE